quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Dois projetos importantes tramitam na Câmara de Vereadores de Ipu para apreciação e votação

Que ironia é o destino, o prefeito em exercício, Dr. Luiz de Gonzaga em uso de suas atribuições como prefeito interino de nosso amado Ipu deu entrada nesta quarta-feira (21-11-2012) em dois projetos polêmicos que durante alguns anos desta administração desastrosos do prefeito afastado de Ipu, Sávio Pontes massacrou o povo ipuense, desta feita o projeto que reduz a Taxa de Iluminação e o outro que devolve aos vereadores o poder de decisão sobre a venda, concessões e permuta de bens públicos antes concedidos ao prefeito acusado de corrupção administrativa, o poder de privatizar os bens públicos dos ipuenses.


 Click abaixo para continuar lendo a manchete.



Obs.: Visite o novo site de notícia de Ipu -  Portal de Notícias Aconteceu Ipu (Click Aqui).

OS DETALHES

Os dois projetos foram aprovados no início da administração do prefeito afastado, Sávio Pontes. Ambos os projetos tem o aval de redução do prefeito eleito pelo PCdoB de Ipu, Sérgio Rufino e fazem parte das diretrizes da cartilha de combate à corrupção do plano de governo da coligação liberdade, moralização e trabalho que é a favor da redução da taxa de iluminação e contra a privatização dos bens públicos. Segundo ainda as propostas de governo de Sérgio Rufino, uma delas é a aplicação dos recursos públicos de forma correta, conforme sua destinação dentro da Lei.

O atual prefeito em exercício, Dr. Luiz de Gonzaga com esta atitude devolve a Câmara de Vereadores a possibilidade de corrigir dois grandes erros dos vereadores da casa na aprovação da imoral Taxa de Iluminação Pública e o segundo que deu pleno poder ao prefeito afastado Sávio Pontes de vender, doar, conceder e alienar os bens públicos do povo de Ipu. O projeto trás de volta o poder de decisão dos vereadores nas aprovações de privatizar os bens públicos sem uma votação na Câmara de Vereadores. Este último foi uma das maiores imoralidades inconstitucional dessa administração.

O Dr. Luiz de Gonzaga já faz história política porque está tentando a todo custo consertar os erros do seu antecessor, prefeito afastado Sávio Pontes, em pouco menos de três meses já deu uma blindagem na folha de pagamento, para se ter ideia, existia uma grande massa de funcionários “fantasma” que recebiam dinheiro como funcionário da prefeitura, estudando em Fortaleza e Sobral, talvez seja por isso que o prefeito afastado era chamado de “PAPAI”, uma imoralidade que ficará escrita pra sempre na folha corrida dos ipuenses.

O povo de Ipu deverá se fazer presente na Câmara de Vereadores e acompanhar detalhadamente como os senhores vereadores irão votar os dois projetos de extremo interesse da cidade. Isso é política, e nada melhor do que fazer política com a presença maciça do povo na Câmara. Vamos fiscalizar irmãos ipuenses!!!

- Afrânio Soares –


LEIA TAMBÉM:



BLOG PATROCINADO PELA:


Nenhum comentário: