quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Proclamação da República: ato mais que simbólico

Nada poderia vir mais a calhar no 123º aniversário da Proclamação da República brasileira, ato que instaurou o modo republicano, federalista e presidencialista de governo no Brasil, como a condenação do chamado núcleo político do mensalão pelos ministros do Supremo Tribunal FederalPara os milhões de brasileiros que trabalham e estudam, o julgamento pode representar um alívio diante de tanta corrupção e desmando que imperam entre a classe política brasileira. Daí a importância simbólica de comemorar tão grandioso acontecimento. Os brasileiros, principalmente a geração mais nova, têm a obrigação de saber outros fatos grandiosos que aconteceram no ano de 1889, quando um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo marechal Deodoro da Fonseca, pôs fim à soberania monárquica do imperador Pedro II. Continue lendo a notícia aqui.


Assim como na constituição do governo republicano, governo este que incluiu homens notáveis, como o marechal Floriano Peixoto, os ministros Benjamin Constant, Botelho de Magalhães, Quintino Bocaiúva, Rui Barbosa, Campos Sales, Aristides Lobo, Demétrio Ribeiro, além do próprio marechal Deodoro da Fonseca, é preciso que o Brasil anônimo, mas que paga impostos, una-se em uma corrente do bem, cujos eixos façam mover para frente a luta contra a corrupção e que liberte o País do jugo dos corruptos que pretendem, a guisa de interesses escusos, sacrificar toda a Nação.

Que os brasileiros saiam às ruas para, mais uma vez, protestar contra os desmandos da classe política e a favor de um futuro mais límpido para os nossos filhos; que eles possam crescer livres das amarras que escravizam o Brasil a um passado de fome, miséria e desolação.

Neste 15 de Novembro, que todos os brasileiros reflitam sobre o País que desejam ter, sobre o Brasil que merecem ter, qual seja, o regido pela estado democrático e de direito, onde prevaleça a justiça e a paz.


Fonte: Jornal O Estado do Ceará
FOTO CHARGE: Jornal O Povo

BLOG PATROCINADO PELA:

Nenhum comentário: