sábado, 10 de novembro de 2012

Professor Kléber Teixeira opina sobre a atual política das rádios de Ipu

A apimentada política ipuense em muito promete para os próximos anos e nessa gangorra onde hoje inimigos e desafetos, certamente se tornaram aliados em 2016 e Vice Versa. Sempre foi assim na política do Ipu, e tudo indica que assim continuará. Hélio Lopes, defensor da findada administração Novo Tempo de Sávio Pontes já anda dando sinais de como será a pauta em seu programa de rádio. Click abaixo para continuar lendo a manchete.

 Obs.: Visite o novo site de notícia de Ipu -  Portal de Notícias Aconteceu Ipu (Click Aqui).

 Em suas últimas edições no Fatos em Debate (FD) da 1520, Lopes tem feito defesas, como a cobrança da revogação da Taxa de Iluminação Pública e as sumárias demissões realizadas pelo prefeito em Exercício Dr. Luiz de Gonzaga. Medidas essas que foram adotadas por Sávio Pontes e que Hélio ficou naturalmente complacente. É um direito que o líder do FD tem de fazer oposição, mas que  ainda soa com bastante estranheza.

Rogério Palhano, porta voz oficial do prefeito eleito Sergio Rufino e sagaz crítico de Sávio Pontes e da Família Carlos em seu programa de rádio na FM Cidade, já mudou seu discurso. A taxa de iluminação pública e a continuidade do Shoping Chão do Grêmio, por exemplo, já não podem ser contestadas em seu programa. Falar  agora de possíveis secretários, nem pensar. Palhano que deverá ocupar um cargo de expressividade na nova administração, sempre foi muito bom de ataque em seus programas de rádio, mas terá o desafio agora de defender, promover a união e a agregação em torno da provável tentativa reeleição de Sergio Rufino.


PATROCÍNIO: 

Nenhum comentário: